Arquivo da tag: crimes de alta tecnologia

Delegado especialista alerta para indenização alta nos crimes de racismo

O delegado Higor Vinicius Nogueira Jorge, especialista em assuntos relacionados com internet e crimes cibernéticos, foi ouvido pela reportagem do JJ Regional, a respeito do conteúdo publicado na rede social por M.C.S., contra Michele de Oliveira. Ele lamentou que, em pleno o século XXI, ainda existam pessoas que consideram sua cor, raça ou etnia superior a de outros indivíduos.

“A legislação brasileira não aceita manifestações racistas, muito pelo contrário. Na verdade, aquele que pratica, induz ou incita o racismo é punido com pena de reclusão de um a três anos e multa”, revelou. “A vítima desse tipo de crime tem, no âmbito civil, direito a indenização em razão dos danos morais sofridos. A j Continue lendo Delegado especialista alerta para indenização alta nos crimes de racismo

Especialista alerta sobre a propaganda e condutas vedadas aos candidatos na internet

A rede mundial de computadores tem exercido uma intensa influência na vida das pessoas e com a aproximação das eleições de 2012 pode-se observar essa dinâmica com extrema facilidade.
A rede mundial de computadores tem exercido uma intensa influência na vida das pessoas e com a aproximação das eleições de 2012 pode-se observar essa dinâmica com extrema facilidade. Basta vislumbrar que a internet permite que os candidatos divulguem suas propostas e os eleitores possam saber mais sobre o histórico pessoal e profissional e os projetos daqueles que estiverem pleiteando seus votos. Para discutir a questão a reportagem conversou com o delegado Higor Vinicius Nogueira Jorge especialista na investigação de crimes cibernéticos e em assuntos relacionados com a internet.

J.J. – Existe alguma Lei que trate especificamente da utilização da internet pelo candidato?
Delegado Higor – Sim. Existe a Lei 9.504/97, conhecida como Lei das Eleições. Essa Lei regulamenta o sufrágio e, em alguns pontos, trata especificamente da utilização da internet. Além disso, o Tri Continue lendo Especialista alerta sobre a propaganda e condutas vedadas aos candidatos na internet

Fim da privacidade na internet contraria Carta brasileira – Conjur

Por
Higor Vinicius Nogueira Jorge é delegado de Polícia e professor da Academia de Polícia de São Paulo.
Emerson Wendt é delegado de Polícia e professor da Academia de Polícia do Rio Grande do Sul.

Recentemente foi aprovado, nos Estados Unidos, o projeto de lei conhecido como Cispa (Cyber Intelligence Sharing and Protect Act ou, em tradução livre, Ato de Proteção e Compartilhamento de Inteligência Cibernética), com o objetivo de compartilhar conhecimento sobre usuários da internet entre os órgãos que promovem a segurança cibernética.

Essa lei causou celeuma entre os usuários da web por permitir que governo e empresas coletem informações particulares dos seus usuários e, no caso destas, enviem para o governo americano e suas agências de segurança, além de também poderem trocar esses mesmos dados entre si.

A grande preocupação, que gerou até ciberataques na web, é que a privacidade dos usuários de computadores seja violada por ocorrer a distribuição indiscriminada das informações dos usuários de computadores sem que haja sequer uma determinação judicial e, inclusive, ferindo outras leis que tratem do tema.

Assim, se o governo americano identificasse uma pessoa como suspeita, poderia requerer as informações para órgãos privados. Por exemplo, no caso de um usuário de internet, de qualquer país do mundo, postar ameaças contra a segurança nacional dos Estados Unidos em uma rede social (Facebook, Orkut, Twitter etc), este estaria legitimado a monitorar e solicitar os dados aos provedores de conteúdo mencionados. Além disso, estas empresas também poderiam, voluntariamente, informar comportamentos suspeitos.

Leia todo o artigo publicado no site do Conjur, clicando aqui.

Delegados publicam dicas de segurança na internet

Com o objetivo de promover a educação digital dos usuários de internet e a prevenção de crimes cibernéticos os delegados Higor Vinicius Nogueira Jorge e Emerson Wendt, respectivamente dos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, elaboraram um texto que contém conselhos básicos para a utilização da internet com segurança.

Essas informações estão sendo distribuídas nas palestras que os delegados têm realizado sobre o tema em todo o Brasil.

O texto apresenta algumas dicas sobre a segurança no computador e outros dispositivos que permitam acesso a internet, escolha da senha, redes sociais (Facebook, Twitter, Orkut, Linkedin etc.) e compras pela internet.

Segundo o delegado Emerson Wendt o objetivo da cartilha é auxiliar no “básico de segurança de usuários comuns, evitando que sejam vítimas de crimes cibernéticos”.

O delegado Higor Vinicius Nogueira Jorge disse que a divulgação dessas informações leva o cidadão a promover uma reflexão sobre a segurança na internet e também mostra que ninguém precisa ser um expert em informática para proteger seu computador. O internauta comum pode e deve adotar alguns hábitos que, com certeza, tornam a utilização da internet mais segura. Segundo o delegado Higor Jorge também é importante que pense sempre nas consequências do que vai publicar na rede, pois muitas vezes esse conteúdo ficará para sempre na internet, ainda mais se for algo que atinja a dignidade ou a intimidade das pessoas. Nesses casos o conteúdo pode se tornar viral e rapidamente ser disseminado na rede.

Abaixo são apresentadas as dicas:

DICAS PARA A SEGURANÇA NA INTERNET

No seu computador
– Mantenha o si Continue lendo Delegados publicam dicas de segurança na internet

Trecho de matéria da revista Gestão e Negócios com dicas do delegado Higor Jorge