A atuação da DISE na prevenção e repressão às drogas

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), droga é qualquer substância não produzida pelo organismo que tem a propriedade de atuar sobre um ou mais de seus sistemas, produzindo alterações em seu funcionamento , ou seja, as drogas são substâncias que modificam o funcionamento dos sistemas das pessoas e essas alterações produzem modificações no comportamento de cada um.
As drogas podem ser legais (lícitas) ou ilegais (ilícitas). As drogas legais são aquelas que a lei não proíbe seu uso, como por exemplo, cigarro, bebida alcoólica e medicamentos. As drogas ilegais são aquelas que a lei proíbe seu uso e comercialização, como por exemplo, maconha, cocaína, heroína, ecstasy, crack, etc.
Na cidade de Lins e em todo o Brasil as drogas lícitas e ilícitas têm preocupado a população e as autoridades constituídas, pois a cada dia ficamos sabendo de mais pessoas sofrendo os efeitos danosos do consumo de drogas.
Para atuar contra as drogas a Polícia Civil de Lins possui a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) que tive a oportunidade de assumir há alguns dias em razão de convite do Delegado Seccional de Polícia de Lins, Dr. João Valle da Silva Leme, que possui vasta experiência na área tendo em vista que trabalhou neste tipo de Delegacia (DISE) por quase vinte anos.
Por intermédio da DISE pretendemos realizar diversas ações visando prevenir o uso de drogas e também combater, principalmente os crimes de tráfico de drogas (artigo 33 da Lei 11.343/06) e associação para o tráfico (artigo 35 da Lei 11.343/06) que têm causado tragédias nas vidas de muitas pessoas.
Com a finalidade de prevenir o consumo de drogas pretendemos elaborar uma cartilha com informações sobre os males que cada droga proporciona e realizar uma campanha de distribuição da mesma e de palestras pelas escolas de Lins e região.
Visando combater os crimes relacionados com drogas e antecipar ações que possam ser realizadas pelos criminosos temos contado com a colaboração do Centro de Inteligência Policial (CINPOL) da Delegacia Seccional de Polícia de Lins que tem oferecido os recursos da tecnologia da informação e da inteligência policial necessários para as nossas necessidades. Também a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e as demais Unidades da Polícia Judiciária têm colaborado com informações e na organização de ações conjuntas para oferecer uma resposta enérgica contra o tráfico de drogas.
Pretendemos realizar operações conjuntas com a Polícia Militar que no exercício das suas atribuições constitucionais ostensivas e preventivas são imprescindíveis para a preservação da segurança pública e podem colaborar muito no enfrentamento do tráfico de drogas e de outros crimes que possuam relação com as drogas.
Outra medida que vai ajudar no combate aos crimes relacionados com drogas é a divulgação em todos os meios de comunicação do disque denúncia da Polícia Civil. Qualquer pessoa pode ligar no telefone 197 e não é necessário se identificar. A população pode e deve colaborar com a polícia transmitindo informações por intermédio deste número de telefone. Todas as denúncias serão devidamente apuradas pela Polícia Civil.
Pelo exposto nos colocamos à disposição da população para atuar na prevenção e repressão as drogas e pretendemos difundir uma mensagem de preocupação com a problemática das drogas, mas também de confiança no êxito de nosso trabalho, pois acreditamos que em virtude da ação conjunta entre as Delegacias pertencentes à Polícia Civil de Lins, a Polícia Militar e a população poderemos oferecer um trabalho legalista, pró-ativo e eficiente, direcionado a prevenir e reprimir adequadamente as drogas.

HIGOR VINICIUS NOGUEIRA JORGE é Delegado de Polícia, professor de análise de inteligência da Academia da Polícia Civil, professor universitário e especialista em polícia comunitária. www.higorjorge.com.br

Informações bibliográficas:
JORGE, Higor Vinicius Nogueira. A atuação da DISE na prevenção e repressão às drogas. Higor Jorge, Santa Fé do Sul, [data]. Disponível em: . Acesso em: [data].

OBSERVAÇÃO: Nos três primeiros meses que o projeto foi implantado na DISE de Lins foi possível efetuar a prisão de 29 pessoas por envolvimento com drogas.

Higor Vinicius Nogueira Jorge é delegado de polícia, presidente do Conselho Municipal Antidrogas de Santa Fé do Sul, professor de análise de inteligência policial da Academia de Polícia e especialista na investigação de crimes cibernéticos. Tem feito palestras sobre segurança da informação, crimes cibernéticos, TI e drogas. Site: www.higorjorge.com.br. Twitter: www.twitter.com/higorjorge.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *